Polícia

Advogado agride ex-mulher de cliente e quebra celular da vítima

Uma mulher procurou a delegacia da Polícia Civil de Chapada dos Guimarães, na noite dessa quinta-feira (16), e denunciou ter sido agredida pelo advogado do ex-marido dela. Rhuanna Morena Sobrinho alegou que sofreu as agressões físicas enquanto tentava filmar uma festa que ocorria na casa deles, alvo de disputa de bens, na Comunidade Bom Jardim.


 
Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) informou que, até o momento, não foi acionada, nem via Tribunal de Defesa das Prerrogativas (TDP), nem via Tribunal de Ética e Disciplina (TED).
 


“A Ordem irá apurar o ocorrido e, caso necessário, tomará as providências cabíveis”, declarou.


 
Rhuanna e Thiago Linhares Fernandes tiveram um relacionamento por quatro anos e se separaram em março deste ano. O casal está em processo de divórcio e separação de bens.



Rhuanna, que trabalha como autônoma em Várzea Grande, explica que ainda não houve determinação para uso dos bens e, por isso, a casa deveria estar desocupada.


 
Uma pessoa ligou para ela e disse que havia uma movimentação no imóvel. Ela se deparou com uma festa entre o ex, os advogados e outras pessoas.



"Chegando lá eu fui agredida e tive o celular destruído, porque eu  estava fazendo as filmagens. Nada justifica eles estarem dentro da casa onde é bem arrolado no processo fazendo festa", disse.
 
Conforme a vítima, ela entrou na casa e foi agredida pelo advogado, que a puxou pelo cabelo, a empurrou para fora de casa, tomou o celular dela e quebrou o aparelho.


 
Rhuanna pediu ajuda para vizinhos e chamou a polícia. A vítima teve ferimentos na boca, nos braços e nas pernas. Um exame de corpo de delito será feito nesta sexta-feira (17).



A reportagem não conseguiu contato com o advogado ou com o ex-marido da vítima.


Comentários

Siga-nos

Leia as últimas notícias sobre qualquer uma dessas redes sociais!


Últimas Notícias