Mundo

Amber Heard diz que Johnny Depp chutou suas costas ao saber que ela beijou James Franco em filme

Amber Heard depôs nesta quinta-feira (5) pelo segundo dia no julgamento do processo de difamação de seu ex-marido Johnny Depp, e descreveu vezes em que o ator teria chutado suas costas e machucado seu nariz ao sentir ciúmes. 

 

Em um dos casos, ela disse que Depp ficou chateado ao saber que ela havia beijado o ator James Franco para uma cena do filme de 2015 "Traumas de Infância". 

 

A bordo de um avião particular, Depp chamou Heard de "vadia" e, utilizando linguagem sexualmente explícita, perguntou o que Franco "havia feito com meu corpo", disse, acrescentando que Depp cheirava a maconha e álcool. 

 

Heard disse que trocou de assento várias vezes durante o voo, e que Depp arremessou cubos de gelo e utensílios contra ela. Em um determinado momento, Depp veio atrás dela e a chutou nas costas. Os seguranças e tripulação do voo não reagiram, acrescentou a atriz. 

 

"Eu fiquei constrangida que ele pudesse me chutar ao chão na frente de outras pessoas", disse Heard. 

 

Met Gala


Em outra ocasião, Depp teria acusado Heard de flertar com alguém que ela conheceu no baile Met Gala, em Nova York. No quarto de hotel do casal após o evento, ele teria a empurrado e os dois entraram em confronto físico. 

 

"Em algum momento, ele me bateu no rosto", disse Heard. "Eu achei que tinha quebrado o nariz."


Primeiro dia


Heard prestou depoimento pela primeira vez na quarta-feira, e disse que o casal teve um relacionamento "mágico" até que se tornou violento.

 

A primeira explosão física de Depp, afirmou Heard, veio depois que ela perguntou o que estava escrito em uma de suas tatuagens desbotadas. Ela disse que ele respondeu "Wino", e ela riu, pensando que era uma piada.

 

"Ele me deu um tapa no rosto", disse Heard. "Eu não sabia o que estava acontecendo. Eu apenas o encarei."

 

Heard disse que ele deu mais um tapa nela e disse "você acha engraçado, vadia?". 


Depp, de 58 anos, afirmou em depoimento no início do julgamento que a briga da tatuagem "não aconteceu" e que ele nunca bateu em Heard. Ele argumentou que era ela quem era a agressora.

 

O astro dos filmes "Piratas do Caribe" entre outros está processando Heard, de 36 anos, em 50 milhões de dólares, dizendo que ela o difamou quando alegou ter sido vítima de violência doméstica. Heard apresentou um contraprocesso pedindo 100 milhões de dólares, sob o argumento de que Depp a difamou ao chamá-la de mentirosa.
 

 


Comentários

Siga-nos

Leia as últimas notícias sobre qualquer uma dessas redes sociais!


Últimas Notícias