Política

Esposa de EP não quer disputar Governo; lulistas agora tentam médica do PSB

A Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PCdoB) adiou a definição da candidatura ao Governo do Estado. A princípio uma reunião estava marcada para tarde desta quarta-feira (3), mas foi adiada por motivos desconhecidos.

 

Nos bastidores, circula o boato de que esse prazo seja para convencer a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV) a encabeçar a chapa. Além dela, outro nome cotado agora pelo grupo seria da médica Natasha Slhessarenko (PSB), que seria candidata ao Senado, mas mudaria de rota por imposição nacional da legenda socialista.

 

Vice-prefeito da Capital, José Roberto Stopa (PV) garantiu à imprensa que na quinta-feira (4), a Federação irá divulgar todos os candidatos ao Governo e Senado, assim como seus suplentes. Stopa disse que há várias possibilidades para ocupar os cargos. Entretanto, ele descartou a possibilidade do ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (MDB), ser uma delas assim como o senador Carlos Fávaro (PSD).

 

Neri Geller (PP) reiterou que o encontro de amanhã será para oficializar a chapa majoritária. “Na minha capa, a tendência é de que a suplência fique para um partido grande. Ttinha definido pela Márcia, mas com essa projeção de ir para o Governo vai abrir esse espaço. Mas com certeza vamos escolher um nome de peso. A segunda suplência ficou pré-alinhada para o PT, que eles indicariam o segundo suplente”, declarou.

 

Há chances de que a médica Natasha Slhessarenko se junte também a federação Brasil da Esperança. Isso foi levantando mais cedo pelo deputado estadual Allan Kardec (PSB), caso não tenha palanque aberto na chapa do governador Mauro Mendes (União) e o mesmo coligue com o PL. 

 

“Nós temos a expectativa de que o governador não feche o palanque em torno do PL e o governador também tem essa expectativa, uma vez que o PSB tem três deputados estaduais declarando apoio ao Mauro. Caso isso não aconteça, temos uma pequena, mas ainda viva possibilidade da Federação. Se a gente não tem vaga na chapa do governador não tem porque a gente estar indo atrás daqueles que não nos querem”, explicou o parlamentar.


Comentários

Siga-nos

Leia as últimas notícias sobre qualquer uma dessas redes sociais!


Últimas Notícias