Nacional

Trabalhador morre após vazamento de gás em plataforma da Petrobras

Um funcionário da Petrobras morreu, nesta terça-feira (2/8), enquanto prestava serviços de calderia na plataforma P-19, no Campo de Marlim, na Bacia de Campos (RJ). Segundo a Fundação Única dos Petroleiros (FUP), a vítima é Patric Carlos, de 37 anos, que deixa esposa e dois filhos.

 

A FUP narra que o óbito ocorreu em razão de um “disparo de CO2” no motogerador – um local fechado. Havia, no momento do acidente, dois trabalhadores na área, sendo Patric um deles. De acordo com a entidade, o colaborador não conseguiu sair da sala com o gás inerte e morreu ainda no local.

 

Em nota, a Petrobras afirma que o prestador de serviços foi “atendido imediatamente pela equipe médica a bordo”.

 

“Outro colaborador que também estava no local recebeu atendimento médico e passa bem. A Petrobras está prestando apoio aos familiares. A Petrobras instaurou uma comissão para apurar as causas do acidente e comunicou as autoridades”, acrescentou.

 

Para a FUP, não se trata de um caso isolado.

 

“Só em 2022, já ocorreram duas mortes por acidentes na Petrobras. Em fevereiro, um trabalhador faleceu durante serviço realizado em espaço confinado na Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), no Rio de Janeiro. Em março, ocorreu um acidente com morte em um helicóptero contratado pela Petrobrás, na Baía de Camamu, no baixo-sul da Bahia”, lembra a federação.

 


Comentários

Siga-nos

Leia as últimas notícias sobre qualquer uma dessas redes sociais!


Últimas Notícias